• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Notícias

15/12/2016 09:10

Conselho de Ciência e Tecnologia aprova novo regimento

Após um hiato de cinco anos, o Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concitec) voltou a ter uma reunião ordinária, na tarde desta quarta-feira (14), em Salvador. Liderado pelo titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (Secti), Manoel Mendonça, o encontro aconteceu em função da publicação do decreto 16.531, deste ano, do governador Rui Costa, que é, ainda, presidente da entidade.

Responsável por iniciar as atividades, Manoel Mendonça – o secretário é vice-presidente do Concitec – lembrou que a última reunião ordinária ocorreu em 19 de agosto de 2011 e que “retomar os encontros do Conselho é um passo importante para planejar as políticas no âmbito das ações para Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI), na Bahia, tanto a médio quanto a longo prazo".

A plenária desta quarta-feira teve como objetivo discutir pautas essenciais para a dinamização da implementação da política estadual de CTI e contou com a presença majoritária de membros do Conselho. Ao todo, a entidade conta com 19 conselheiros titulares e 18 suplentes, representantes da Administração Pública, setor empresarial, comunidade científica e de pesquisa. São levados em consideração, para integrar o Concitec, fatores como a representatividade por setor e por região, a fim de garantir a capilaridade pelo território baiano. Convidados também estiveram presentes, dentre eles, o secretário estadual de Educação, o senador Walter Pinheiro.

A pauta do encontro envolveu a aprovação do novo regimento do Conselho; uma breve discussão acerca do novo marco legal de CTI 2015; a apresentação do projeto de publicização do Parque Tecnológico da Bahia; bem como explanação de ações desenvolvidas pela Secti, com impressões de membros do Conselho.

Dentre as inúmeras resoluções determinadas durante esta reunião ordinária do Concitec, está a instituição de um novo calendário, que garante, ao menos, dois encontros de membros por ano. “Para garantir a manutenção das atividades desse Conselho, reconhecidamente, estratégico para o desenvolvimento da Bahia, previmos os meses que ocorrerão os encontros, que são março e setembro”, decretou Manoel Mendonça.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.