• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Programa Secti na Área

Notícias

28/10/2017 10:00

Startups do Parque Tecnológico da Bahia marcam presença na SNCT

Inuvem, Engpiso e Insix, startups incubadas na Áity do Parque Tecnológico da Bahia, sob a gestão da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), estão presentes na 14ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Até este domingo (29), na Praça de Serviços do Salvador Shopping, os visitantes podem conhecer os produtos desenvolvidos por estas startups como a plataforma na nuvem para empresas, pisos e pavimentos com substituição parcial do aço por fibras sintéticas e o aplicativo Meu Remédio, respectivamente.

A proposta da Inuvem é incentivar a transformação digital para as empresas com o uso da computação em nuvens. O sócio Wagner Melo explica que a tecnologia consiste em compartilhar ferramentas computacionais pela interligação dos sistemas, semelhantes às nuvens no céu, ao invés de ter essas ferramentas localmente, gerando produtividade e economia. “O uso desse modelo é mais viável do que o uso de unidades físicas”, completou, ressaltando que a Inuvem e a Google trabalham juntas na Bahia, numa parceria para levar tecnologia para as empresas e governo, desta forma esses podem evoluir nos negócios utilizando a maior nuvem pública do mundo.

Com mais de sete milhões de m² em obras executadas, a Engpiso é uma empresa baiana especializada em pisos, revestimentos especiais e impermeabilização, através do desenvolvimento de novas tecnologias e crescente empenho no desdobramento sustentável. Raymundo Dórea, sócio da Engpiso, esclarece que o objetivo é trazer um peculiar ecossistema de inovação para indústria da construção civil, através do desenvolvimento de novas tecnologias e crescente empenho no desdobramento sustentável.

E, atuando no mercado desde 2004, a Insix se especializou no desenvolvimento de soluções web. Eles desenvolveram o aplicativo mobile Meu Remédio que permite encontrar, em apenas três etapas, os remédios disponíveis nas farmácias dos postos de saúde do município. Os sócios da empresa, Jerome Poretti e Marcelo Costa, explicam que, com o aplicativo, a população é beneficiada com informação em tempo real sobre a disponibilidade dos medicamentos, evitando a peregrinação e desgaste do cidadão na busca por seus remédios.

As empresas são da Bahia e seus produtos desenvolvidos com o apoio e consultoria de incubadora baiana. Os sócios das três empresas contam que prospectam parcerias e novos negócios em todo o Brasil. A Secti, através do Parque Tecnológico e da Áity Incubadora de Empresa, comemora em 2017 os cinco anos de criação do Parque, fomentando e incentivando a tecnologia e inovação no estado.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.