• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Programa Secti na Área

Notícias

06/12/2017 16:30

Cidacs celebra primeiro ano de instalação no Parque Tecnológico

Secti presente no seminário comemorativo sobre o panorama e as perspectivas do Cidacs no contexto da pesquisa para CT&I em saúde no Brasil.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) celebram, com seminário comemorativo, o primeiro ano de implantação do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para a Saúde (Cidacs). O evento realizado na manhã desta quarta-feira (6), no auditório do Tecnocentro Baudista Vidal, propôs uma reflexão sobre o panorama e as perspectivas do Cidacs diante de um contexto singular para CT&I em saúde no Brasil.

O secretário da Secti, Vivaldo Mendonça, acredita que o Cidacs, instalado no Parque Tecnológico da Bahia, é a demonstração mais evidente da integração institucional. “Ele cumpre um papel decisivo e nos coloca num patamar diferenciado diante dos demais estados, pela capacidade técnica da equipe, qualidade dos equipamentos e missão cumprida, que auxilia e apoia as tomadas de decisões em politicas públicas que beneficiam a sociedade”, disse.

O Cidacs contribui com a produção de conhecimentos científicos inovadores para ampliar o entendimento da influência dos determinantes e das políticas sociais e ambientais sobre a saúde da população, através de estudos e pesquisas com base em projetos interdisciplinares originados na veiculação de grande volume de dados (big data).

A abertura do evento também contou com a presença da professora Suani Pinho, representando o reitor da Ufba, João Carlos Salles; do coordenador do Cidacs, professor Maurício Barreto; e da diretora do Instituto Gonçalo Muniz (Fiocruz Bahia), Marilda Gonçalves. O seminário prosseguiu com palestras de Luís Eugênio de Souza, coordenador da Ufba, de Marilda Gonçalves e de Maurício Barreto, sendo que este último apresentou os principais avanços e resultados do primeiro ano do Cidacs.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.