• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Programa Secti na Área

Espaço Futuro

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia apresenta no início de 2018 a proposta do Espaço Futuro, modelo de espaço tecnológico de inclusão Sociodigital Produtivo, que decorre da identificação do processo de adequação conceitual e física dos antigos Centros Digitais de Cidadania (CDCs) frente às novas demandas sociais, suportadas pelas novas tecnologias da informação e comunicação, assim como as novas necessidades de espaços coletivos multiuso que potencializem práticas sociais de experimentação, criação, colaboração, compartilhamento de informações, saberes e fazeres capazes de promover transformações substanciais na realidade cotidiana das comunidades locais, proporcionando-lhes progresso e prosperidade coletiva.

O objetivo da Secti é implementar um novo modelo de inclusão Sociodigital Produtivo, baseado no formato Coworking, contemplando Espaço Maker, Economia Criativa e Inovação Tecnológica. O Espaço Futuro se baseia no compartilhamento de espaços e recursos de ambiente de trabalho, reunindo pessoas de diferentes áreas, compartilhando opiniões e ideias, que não necessariamente convirjam ou se originem de um mesmo ramo de atividade ou conhecimento, podendo, inclusive, reunir entre os seus usuários, compartilhando o mesmo espaço, profissionais liberais, empreendedores e usuários independentes.
Recomendar esta página via e-mail: