• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Notícias

15/08/2017 11:20

Edital Desafio Tecnologia para a Educação premia três propostas com tema em saúde

Dedicados em encontrar soluções para problemas e necessidades de saúde, três equipes de estudantes baianos foram contemplados com prêmios de R$15 mil, R$10 mil e R$5 mil, pelo edital Desafio Tecnologia para a Educação, ação promovida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em parceria com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (Secti) e Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC).

A premiação aconteceu nesta segunda-feira (14), durante a celebração dos cinco anos do Programa Ciência na Escola, no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), com participação de estudantes de diversos municípios da Bahia. A equipe composta pelos alunos João Pedro Cerqueira, Sara Ferreira e Érica Figueiredo, do Colégio Estadual de 2º Grau Dr. Rômulo Almeida, de Santo Antônio de Jesus, sob orientação do professor Marconi Brito, conquistou o 1º lugar do prêmio com o Projeto Viabilidade Técnica de Uma Pet Estufa. O objetivo da proposta é criar um ambiente favorável para o crescimento de mudas de espécies arbóreas que funcionam como repelentes para o Aedes Aegypti.

João Pedro Cerqueira conta que a ideia surgiu da nossa própria realidade da escola, pois na localidade existe um terreno onde existe lixo, garrafas pets e outros materiais que acumulam água provocando a disseminação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. “Não esperávamos ganhar em primeiro lugar, mas esse prêmio vai ser muito importante porque a gente pode elevar nossa pesquisa em um âmbito muito maior, levando essa ideia para ajudar várias comunidades e municípios”, disse.

Para o diretor-presidente da Fapesb, Lázaro Cunha, “esse desafio possibilita a construção de competências e habilidades para os estudantes, que são fundamentais para o desenvolvimento da pesquisa científica, ou seja, a formação de pesquisadores. Ajuda a ter um ambiente colaborativo, uma relação parceria entre professor e estudante na construção do conhecimento”.

Participaram da solenidade os secretários da Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, da Educação, Walter Pinheiro, o professor do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, Charbel El-Hani, o ex-secretário de Educação, Osvaldo Barreto, o ex-governador da Bahia, Roberto Santos, dentre outras autoridades.

Confira aqui a lista de premiados e finalistas.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.