• Informativo
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

06/09/2019 14:00

Polo de Inovação Salvador completa três anos

No dia 13 de setembro, o Polo de Inovação Salvador, localizado no Parque Tecnológico da Bahia, espaço administrado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), completa três anos de funcionamento. O PIS, que é dirigido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), possui um histórico em fomentar a pesquisa científica no estado.

Para celebrar a data, foram convidados a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), Adélia Pinheiro, o diretor da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), Márcio Costa, o diretor da Fundação Estatal Saúde da Família do Sistema Único de Saúde (FESF-SUS), Carlos Trindade, e o reitor pro tempore do IFBA, Renato Filho. 

Na ocasião, o público poderá conhecer mais sobre o lugar com uma apresentação a ser realizada pelos professores Handerson Leite (ex-diretor) e Marcus Navarro, coordenador do Laboratório de Produtos para a Saúde – LABPROSAUD, além de Rodrigo Godinho, ex-bolsista. Ainda como parte da programação do evento, as instalações do PIS estarão abertas à visitação. 

Histórico

Fruto da Política Nacional de Inovação - quando os polos de inovação foram instituídos pela portaria MEC nº 1.291/2013 - o PIS iniciou suas atividades em 13 de setembro de 2016 como uma unidade do IFBA que atua no atendimento às demandas das cadeias produtivas por pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) e formação profissional. Além disso, o PIS possui foco em prestação de serviços tecnológicos para os setores de base tecnológica. 

O espaço conta com infraestrutura tecnológica referenciada e experiência de uma equipe multidisciplinar e de especialistas em diversos campos da informática e engenharia. Credenciado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) para atuar na área de saúde, o PIS é o único no Brasil a realizar ensaios de segurança em vestimentas de proteção radiológica. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.