• banner

Notícias

14/07/2020 15:00

Voluntários ultrapassam a marca de R$ 1,5 milhão em máscaras produzidas

Equipamentos de proteção são doados para profissionais da saúde em toda a Bahia

O protejo Voluntariado Maker ultrapassou a marca de 88.469 mil máscaras de proteção facial fabricadas com o uso de impressão 3D e injeção de plástico. Elas foram doadas para profissionais de saúde de todo o estado combaterem a Covid-19. No total, a quantidade corresponde ao valor de R$ 1.571.799.00, após a conversão do número de máscaras doadas. Apoiado pelo Governo do Estado, através de Secti, Sesab, SDE, SEC, Seplan, Casa Civil e Corpo de Bombeiros, o projeto integra diversas iniciativas solidárias organizadas em hubs de fabricação digital nos municípios de Salvador, Camaçari, Dias D’ávila, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Jequié, Ipiaú, Jitaúna, Vitória da Conquista, Feira de Santana, Bom Jesus da Lapa, Barreiras, Lauro de Freitas, Valença, Eunápolis, Juazeiro, Jaguaquara, Maraú, Alagoinhas, Irecê e Cruz das Almas. 

A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Adélia Pinheiro, celebra os resultados. “Alcançar esse número em produção voluntária de máscaras é algo que vai beneficiar toda a população e é mérito do ecossistema de inovação da Bahia. A importância de conectar as empresas, os pesquisadores, as instituições e os órgãos públicos fica clara quando um trabalho conjunto como este alcança uma meta tão alta, demonstrando que, além de conhecimento e engajamento para prover soluções, a Bahia também conta com muita solidariedade”, destaca.

À frente do projeto na cidade de Jequié, Cláudia Ribeiro, professora da Universidade Estadual do Sul da Bahia (Uesb), se diz muito feliz com os resultados. “Nós somos o terceiro maior hub com produção com o uso exclusivo de máquinas de impressão 3D e de corte a laser e somente aqui no município produzimos 3438 equipamentos que são essenciais para os profissionais de saúde minimizarem o risco do contágio do novo coronavírus”, ressalta.

O professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) Hugo Saba reforça a importância do trabalho, "Nesse momento a equipe da Maker Lab 3D, de forma colaborativa, tenta contribuir no combate à pandemia. Todos os envolvidos Uneb, Ufob, Ifba e Ufba, entendem que se cada um fizer a sua parte esse momento passará mais rápido e com menos sofrimento, por isso devemos ser altruístas", disse.

Além da Uesb, a equipe de Makers conta com colaboradores da Escola Bahiana de Medicina, outras universidades estaduais, como Uesc e Uefs, bem como universidades e institutos federais baianos, como no caso do Ifba, Ufob, UFSB, Ufba e UFRB. Outras cidades beneficiadas pelo projeto são: Aiquara, Alagoinhas, São Gonçalo dos Campos, Conceição de Feira, Santo Estevão, Ipecaetá, Antônio Cardoso, Anguera, Tanquinho, Santa Bárbara, Santanópolis, Coração de Maria, Amélia Rodrigues, Teodoro Sampaio, Terra Nova, Conceição do Jacuípe, Irará, Água Fria Barra do Choça, Boa Nova, Brejões, Brumado, Caetité, Canapolis, Cariranha, Condeúba, Gongogi, Ibirataia, Igaporã, Iguai, Ipiau, Irajuba, Itagi, Itagiba, Itajuípe, Itamari, Itambé, Itapetinga, Itaquara, Itarantim, Itiruçu, Ituaçu, Jacaraci, Jaguaquara, João Dourado, Lafaite Coutinho, Lajedo do Tabocal, Livramento de Nossa Senhora, Maetinga, Maracás, Mata de São João, Mortugaba, Nova Canaã, Nova Itarana, Paramirim, Pindaí, Piripá, Caculé, Miguel Calmon, Planaltino, Poções, Ribeirão do Lago, Rio de Contas, Santo Antônio de Jesus e Tancredo Neves, entre outros.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.