br en es

Áreas Atuação

Biotecnologia e Saúde

A complexa biodiversidade da Bahia, com espécies de fauna e flora ainda pouco exploradas cientificamente, abre um vasto campo de pesquisa que vem sendo dinamizado com o Parque Tecnológico. A presença de cinco biomas – Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga, Costeiro e Marinho – confere um diferencial importante. Desta forma, o ambiente local é propício à inovação e ao desenvolvimento de pesquisas e produtos, seja para a medicina curativa ou preventiva, testes clínicos ou mesmo à agricultura.

A excelência em pesquisa, já consolidada em instituições como a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), será reforçada com o campo aberto para oportunidades, inclusive na busca de soluções para os desafios regionais, como doenças endêmicas ou cultivos típicos da agricultura local. Os laboratórios compartilhados são, nestas áreas, instrumentos importantes para que os trabalhos sejam desenvolvidos com mais agilidade e eficiência.

Hoje, 104 grupos de pesquisa atuam nesta área, que conta com 741 doutores e 318 mestres. Os trabalhos envolvem, entre outras, as áreas de Ciências da Saúde, Biológicas, Genética,Bioquímica, Saúde Coletiva, Fisiologia, Odontologia, Medicina e Farmácia.